Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bom dia meninas

por Prince Ezo, em 08.03.16

Screenshot_2016-03-08-08-34-18.jpg

Screenshot_2016-03-08-08-33-45.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:35


Choro a rir

por Prince Ezo, em 11.02.16

FB_IMG_1455053587626.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:16


Sobre mim... #25

por Prince Ezo, em 24.11.15

Quando era mais novo tinha medo aos palhaços. Até que um dia os meus pais me explicaram que eles eram pessoas normais com excesso de maquilhagem na cara. A partir desse dia passei a ter medo das minhas tias-avós.

Ronald-McDonald.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:35


Dia da Mãe - Entrevista Especial

por Prince Ezo, em 03.05.15

Hoje como é o dia da mãe, e não tenho a possibilidade de passar o dia com a minha mami, decidi perguntar-lhe "O que é ser Mãe" e foi isto o que surgiu. Deixo-vos agora com a Ray Inha, mãe do Prince Ezo e da Baro Neza. "Não importa o que façamos da vida, ser mãe é o trabalho mais cansativo do mundo, e quem diga o contrário é porque já é avó. O mais curioso de ser mãe, é que nós nos esquecemos de como é a vida sem os filhos. Antigamente passava noites a fio em noitadas aos copos... hoje em dia passo noitadas aos biberões... Antes podia passar todo o dia no cabeleireiro, agora, se não tiver comida ou plasticina no cabelo já me considero penteada. Mas a verdade é que já não me faz tanta falta a minha vida antes de ser mãe porque quando 23 das 22 músicas que tinhas do carro eram do Barney, já te tinhas entregado à vida de mamã por completo. Isso tamben significa que se eu quando entro numa casa e não tropeço num tractor de brinquedo é porque entrei na casa errada. Outra coisa que acho piada é quando vejo um homem a tentar por uma caixa no porta bagagens quando ele faz todo um espectáculo em que se equilibra com uma perna, segura a porta da mala com a cabeça, com uma mão roda para o outro, com outra mão se afasta. E tu só pensas "Pobre coitado" mas também não o vamos ajudar. Porque nos dizemos que eles podem sozinhos. É tipo... maternidade nível um, quando ele começou a falar eu já comia broa. Sabem porque? Existem coisas mais complicadas que essas... Imaginem o que é ter duas malas, 4 sacos, um carrinho de bebé, fraldário, e a criança nos braços? Mas o desafio não esta em carregar tudo mas sim em pagar o estacionamento público. Outra tarefa difícil é ter de responder aquelas perguntas que ele fazia quando era criança de forma a que não houvesse problemas. Respondi de tudo. Porque temos sombra? Porque o céu é azul? Porque os meninos tem pirilau e as meninas um bibi? Mas foi num dia em que estava com pressa e muita coisa para fazer quando ele me pergunta "maaaemi, o que é uma punheta?" Uma pessoa fica desprevenida, não sabe explicar. Mas as mães que trabalham não são tão exigentes. Basta chegar a casa e que te reconheçam já é o suficiente. Desde que quando chegue a casa digam "Chegou mamã" e não digam "Chegou Ray"... otimo, a criança esta a ter uma boa educação. Sabes que és mãe quando desenvolves uma paciência nível asiático. Mas sabem a melhor parte de ser mãe? Ter um frigorífico em casa com desenhos a dizer "Te quiero Mami"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:59


As Notícias

por Prince Ezo, em 15.04.15

Não sou pessoa que leia jornais ou noticiários mas tendencialmente ando informado sobre o mundo... porque?

Excesso de informação... Onde quer que vamos somos constantemente bombardeados por informação. A informação é tanta que nós próprios sabemos que a Shakira esta grávida e ela ainda nem reparou, Enrique Iglesias tem-o pequeno... e como sabemos isso?

Estamos sempre a ser vítimas da informação e isso provoca stress... Há um terramoto em França e nós já estamos a ver as lâmpadas a balançar... Ouves que não há açúcar e sais correndo para comprar nem que fosse carpetes de banho. (Há rumores que irá haver escassez de carpetes de banho... nunca se sabe.. melhor compra-las de todas as cores... mesmo que não combinem com o verde-maçã da casa de banho) Uma pessoa ouve que o presidente da Bielorrússia vem cá e ficamos todos eufóricos sem saber como reagir quando te fazes a pergunta "Onde fica a Bielorrússia?" Sim.. se me vai stressar ao menos preciso de saber onde fica. Isso não acontecia quando éramos mais novos... havia notícias e tal mas tinhamos de esperar que chegasse o jornal ou se tinhas TV vias o único noticiário que havia... Hoje em dia a informação circula tão rápido que a Lindsay Lohan ainda não caiu para o lado e nós ja sabemos o nome exacto da substância que corre pelas suas veias. O problema também é as notícias estarem cada vez menos alegres...

Tentar encontrar uma notícia alegre num jornal é como tentar encontrar propósito para um clube de fãs da Kim Kardashiam... Eu tentei e é difícil... até tentei ver no horóscopo e sabem o que vós digo? Estamos mal... estamos mal... dizia que a Maya se queria mudar para o estrangeiro e digo vos, se a mulher que ve o futuro quer sair de Portugal há que preocupar-se... Mas não se pode fugir do bombardeamento, há que aceita-lo... podes deixar de ler o jornal, Perfeito... podes deixar de ver o facebook ou Twitter. .. Perfeito... Mas isso não importa, porque acabarão por saber o que se passou nesse dia. Há sempre aquele tio que reenvia para toda a família o e-mail de "Como sobreviver a um Maremoto" ou então é a tua mãe que te telefona e diz: "Soubeste?"

E isso mata-me dos nervos... não pelo "Soubeste" mas sim peloa grande que vai ser a notícia... Mas se isso tudo falhar de todos os modos irão dar conta quando alguem tiver a brilhante ideia de vós mandar uma mensagem corrente pelo telefone... Odeio essas correntes. Quando uma mensagem chega às 3 da manhã ao teu telemóvel de uma amiga que diz: "ALERTA! PERDEU-SE UM CÃO POODLE EM CAMPO GRANDE" esta bem... coitado do cão... procurem-no... mas tu não vives Londres? Mas em que tipo de grupo de alerta canina andas metida? Ainda por cima essas pessoas que mandam este tipo de mensagens tem o descaramento de subtitular com "não sou do tipo que manda mensagem em cadeia mas esta pareceu me importante" Amiga, graças a ti o país inteiro anda a procura de um pooddle que nem se sabe se é branco ou preto. Há que estar informado sempre... isso eu defendo.

Mas temos de ser selectivos e há que escolher entre "esta notícia preocupa-me" e "esta notícia não me preocupa" e isto é uma sugestão para que os noticiários mudem as músicas de apresentação... porque as músicas tão assustadoras? Tão tensas? Mas pronto... e isto foi tudo por hoje. Uma boa noite e estarei aqui para mais informações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52


Velhos são os Trapos - Avós

por Prince Ezo, em 27.03.15

Os avós, mais conhecidos pelas pessoas que alimentam as pombas nas praças públicas. Todos temos avós, alguns estão connosco e outros veem-nos lá de cima (ate quando estamos fazendo coisas impróprias no quarto).

article_OldPeopleStoned.jpg

 

Os avós são os pais dos teus pais por isso viveram em épocas muito diferentes e na altura era normal terem muitos filhos, e esses filhos ainda mais filhos (pior que coelhos) e isso explica o porque de a tua avó ter mais de cinquenta sobrinhos e netos. Por isso é que demoram até acertarem no teu nome. Outra coisa que as caracteriza é por serem muito carinhosas e uma visita a casa dos avós é sinónimo de ficar com as bochechas inchadas (uma vez, um amigo foi visitar a avó a uma casa de repouso e todos os avós vieram e puxaram-lhe as bochechas todos ao mesmo tempo… ele morreu).

Como já tinha dito os avós viveram noutros tempos, tempos mais naturais e não existia tanta tecnologia nem essas coisas… e isso reflecte-se na hora em que adoecemos. Hoje em dia quando adoeces vamos ao médico, tomamos comprimidos e injecções, blá blá blá… o normal. Mas se estas na casa da tua avó e adoeces, é um pouco diferente… exemplo:

 

Eu -Avó, acho que estou adoecer…
Avó - Tenho um remédio caseiro muito bom para isso.
Eu - Não se incomode, eu tenho uns comprimidos e isto já passa.
Avó – Mas que comprimidos e coisas do Diabo! Não há cá nada disso!
Eu – Mas avó…!
Avó – Cala-te e deita-te ali! Que te vou a curar!                
-Primeiro vou por uma alface para curar as maleitas, um pouco de sumo de tomate como fazia a minha mãe ou o tomate inteiro, o ovo é bom para eliminar os germes assim que vai um pouquinho para que fiques bem, tens um bocadinho de febre? Suminho de laranja pela vitamina C e com isto vais-te sentir melhor amanhã.

 

E por favor, não tentem fazer isso em casa, deixem para as avós.

Com o passar do tempo os avós vão mudando e já não são os de antes… a pele enruga-se, usam dentes falsos e começam a ouvir cada vez pior.

E algo que me lembrei também relativamente ao carinho das avós é que elas nos tratam como se fossemos a melhor coisa do mundo mesmo que pareçamos ogres, desde pequenos elas nos habituam, falando do como bonitos somos, o especial que somos tanto assim que até acreditamos que somos. (Uma vez estava num bar e fui com a fé toda e perguntar a uma rapariga se queria dançar… ela riu e disse me a verdade, por isso dou um concelho as avós, não mintam aos netos se são feios e assim poupam lhe vergonhas no futuro, é o que irei fazer com os meus).

E da mesma forma que elas nos acham os mais bonitos elas também nos mimam em demasia. Lembro-me que a minha avó me dava dinheiro às escondidas acabando com um pedido para que eu não contasse aos meus pais… (agora que cresci acredito cada vez mais que ela era uma traficante de drogas internacional porque ela passava-me dinheiro muito bem escondido para que fosse legal.) Demasiada coincidência para que não esteja relacionado.

Outra coisa que as avós adoram fazer é cozinhar. Se não estão fazendo tricô, alimentar pombas ou a jogar cartas, estão a cozinhar. E da mesma forma como adoram cozinhar elas ainda mais adoram que nós comamos. Estas a comer na casa da tua avó e estas a acabar o almoço e a tua avó já te esta a servir mais um prato, terminas com esse prato e já te esta a servir a sobremesa, terminas a sobremesa e a tua avó já esta na cozinha a fazer o jantar. Por isso é que se costuma dizer que entramos a caminhar e saímos a rebolar.

Volto a lembrar que os avós foram criados noutra época onde não existia facebooks nem Internetes e com sorte havia rádio e então é por isso que a sua adaptação à tecnologia pode ser um pouco difícil mas é para isso que cá estão os netos… para os ajudar. (No outro dia a minha avó estava no meu portátil e ela começou a gritar com a “coisa do demónio”, que lhe dizia que se não fechasse a janela, não poderia continuar. Eu na minha calma respondi que apenas bastava fechar a janela e el fecha mesmo? A janela do escritório? Ou então quando o meu pai comprou um plasma e lhe ofereceu… ela ficou 15 minutos batendo palmas só porque viu uma televisão assim que ligava com as palmas ou pior, quando o meu avô ficou chateado com a minha avó porque a televisão não funcionava… isto falando de um microondas).

Eu sei que a minha avó não vai ler isto (mas também não escrevi para ela o ler) mas vou aproveitar a despedida para dizer o quanto a adoro! Um beijo à Avó Ezo!
Parece que já estou ouvi-la... "Vai trabalhar Rapaz!"

si228_12.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34


Desvantagens de ser Homem...

por Prince Ezo, em 25.03.15

Boa tarde, como sabem, ou deveriam saber, eu sou homem (e perguntam vocês: “Tens a certeza? Não me pareces lá muito masculino…” e eu respondo: “sim… ainda não me caiu aquilo que tenho entre as pernas”), durante toda a minha vida fui um e como tal já estou acostumado a sê-lo e como tal também já me habituei as desvantagens que ser homem tem.

Por exemplo, somos considerados o “sexo forte” e ficamos sempre com os trabalhos pesados... É preciso mudar um móvel de lugar? Chamem o homem… É preciso mudar o pneu de um carro? O homem que o faça… A sanita está entupida? O homem… (Ok, eu não faço essas coisas… mas devia!) e as mulheres tiram proveito disto. Aproveitam para nos baterem, pontapearem e dar chapadas a cada sílaba que cospem da boca (devem achar que sabem braille ou que somos um telegrama) e quando as empurramos como auto-defesa ameaçam que nos levam a tribunal porque somos o sexo forte e não devemos “tirar proveito” da nossa força (uma vez andei com uma rapariga que me batia com um taco de basebol… mentira, era um pau cheio de pregos).

As mulheres fazem connosco o que querem, só têm que dizer a palavra mágica: “sexo”. Com esta palavra tornamo-nos automaticamente numa marioneta (exemplo: Quando um rapaz propõe à rapariga uma ida ao quarto e fazer aquilo, aquilo e aquilo ao qual que a rapariga responde “não estou com vontade… mas… se limpares o apartamento talvez venha a ter” e nós feitos cão com o cio (sim, estou consciente de que os cães não têm o cio, mas vocês percebem onde quero chegar) vamos e deixamos tudo a brilhar que até magoa a vista só de olhar e no final ouvimos “Fica para outro dia…”. Não importa quantas vezes nos enganem, nós vamos sempre cair na mesma armadilha.

“Mas Prince… isso são só estereótipos” – dizem vocês. Vamos falar de estereótipos então… o homem tem de ser sempre macho, másculo e protector e não venham dizer que não é verdade porque sempre que se ouve um barulho a meio da noite quem se levanta para ir ver o que se passa é o homem pois se não for, corre o risco de ouvir “uh, não tens c*lhões”. Pois… não percebo… a mulher também não tirou o cu da cama e não oiço ninguém a dizer “uh, não tens ovários”.

Outra desvantagem é que não podemos ser coquetes, porque se o és, significa que és um afeminado que gosta dos negros com 2 metros (e não estou a falar de altura) Imaginem que estão num carro e um policia manda-vos parar por excesso de velocidade. Se fores uma rapariga, basta mostrares o decote ao policia, mandar um piropo ou outro que leste ontem no facebook e vais embora com um “e que isto não se repita”. Multas? Não… Agora, se fores um rapaz basta apenas entrar-te uma poeira para o olho e sem querer piscares o olho ao policia que tens direito a uma noite na esquadra, com uma multa e um processo por assédio sexual.

Mas voltando ao assunto de sermos protectores. Nós temos que nos sacrificar sempre. Basta pensarmos nos filmes da Disney: a princesa é sempre a personagem principal e o príncipe a personagem secundária (acho que até a lâmpada do Aladdin tem um papel mais importante que ele). O rapaz faz o trabalho todo: passa por desertos escaldantes, mata bichos demoníacos, sobe o quarto mais alto da torre mais alta… enquanto a princesa está embrulhada na cama à espera de ser resgatada, provavelmente a dormir ou a fazer o que quer que seja, mas tentar fazer algo por ela própria e arriscar-se a estragar a manicure? Nem pensar!

 E como Bónus...

Outra desvantagem é o facto dos homens serem mais frios, ou seja, pouco românticos. No mesmo por de sol, a mulher só pensa "olha que cores, mas que fenômeno natural, isto é tão... belo" enquanto o homem esta "é só a m**** do sol desaparecendo, isso acontece todos os dias" por isso é que a amizade entre mulheres e a amizade entre homens é tão diferente. Imaginem o mesmo casal e são amigos, entretanto dão o seu primeiro beijo... ela conta as amigas e ele conta aos amigos. Elas dizem: "Foi o melhor momento da minha vida, o meu coração batia tanto e senti que tinha chegado ao céu por um segundo." enquanto ele "Ontem tive com outra, e meti-lhe a língua pela garganta" E pronto... acho que estas são as desvantagens de ser homem...

 

slap.jpg

tumblr_lf8dmbARD91qzwcmho1_r1_1280.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:53


A Culpa é das Estrelas...

por Prince Ezo, em 23.03.15

Só as estrelas podem ser culpadas do cancro visual que acabei de ler e como sou má pessoa, quero vos transmitir o mesmo. Aqui estão algumas previsões que encontrei no site da clix.pt e já dizia a minha avó: "Haja saúde" Porque ir ao médico quando a clix me dá o diagnóstico?

Screenshots_2015-03-23-22-34-05.png

Irei começar por comentar este que não é por acaso que é o meu... com que então insónias? Ando eu aqui cansado que nem um cavalo velho para me dizerem que irei sofrer insónias?

Screenshots_2015-03-23-22-32-34.png

Mais quais acidentes? Vou ser atropelado? Vou bater em alguém? Vou fazer xixi na cama? Cruzar me com a minha ex namorada?

Screenshots_2015-03-23-22-33-20.png

Pois... realmente eles tem andado deprimidos...

Screenshots_2015-03-23-22-33-52.png

Por sorte não sou deste signo, Vodka e Cocaína Até que a morte nos separe.

Screenshots_2015-03-23-22-34-22.png

Órgãos duplos? Pelo já sei que não é na lingua.

Screenshots_2015-03-23-22-35-09.png

Não me posso distrair ou as tantas sai me um disparado.

Screenshots_2015-03-23-22-36-13.png

Graças a Deus que não sou católico.

Screenshots_2015-03-23-22-36-30.png

E eu que queria descer as escadas tipo a outra do exorcismo... E finalizo o post com um agradecimento a nossa querida tarologa ou sei lá como isso se escreve e se tiverem alguma dúvida não se incomodem.

Screenshots_2015-03-23-22-35-45.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:36


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D